Teses e Dissertações

COSTA, LESSANDRO REGIANI, De Lanfranco a Anselmo. Sobre a dialética em teologia: o "de grammatico" de Anselmo de Cantuária. Doutorado em Filosofia. São Paulo, USP, 2015.

CRISTOFOLETTI, FABRÍCIO KLAIN, História e profecia como fundamento filosófico-religioso na pregação de Agostinho, presbítero de Hipona. Doutorado em Filosofia. São Paulo, USP, 2015.

FONSECA, JOEL PINHEIRO DA, A apreensão dos primeiros princípios da ética em Tomás de Aquino. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014.

FUJISAKA, DANIEL, Agostinho e os maniqueus: análise a partir "das duas almas". Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014.

GUARNIERI, FILIPE DE MEDEIROS, A correspondência entre São Jerônimo e Santo Agostinho. Tradução e estudo. Mestrado em Letras Clássicas. São Paulo, USP, 2016.

LAZARINI, RICHARD, A noção de ato de ser segundo a Exposição de Tomás de Aquino ao ‘Ebdomadibus’ de Boécio. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2018.

LIMA, ARTHUR KLIK DE, A relação entre vontade e pensamento em Averróis. Um estudo sobre o homem e seu destino a partir do "Grande Comentário ao De anima". Doutorado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014.

MADUREIRA, JONAS MOREIRA, O conhecimento de Deus segundo Tomás de Aquino. Aristotelismo e neoplatonismo. Doutorado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014.

MURARO, ROBSON TADEU, Os limites da lei humana na "Suma de Teologia" de Santo Tomás de Aquino. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014.

OLIVEIRA, CLÉVER CARDOSO T. DE, Lei divina e lei humana em Agostinho: "De libero arbitrio" e "De civitate Dei". Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014.

PAIVA, GUSTAVO BARRETO VILHENA DE, O conhecimento abstrativo em Henrique de Gand (a. 1240-1293). Doutorado em Filosofia. São Paulo, USP, 2017.

PEREIRA FILHO, JOSÉ LUÍS S., "Ordo et officium": a ordem do mundo e o ofício do "magister" na correspondência de Pedro Abelardo e Heloísa. Mestrado em História. São Paulo, USP, 2014.

PIGNATARI, ROBERTO CARLOS, A ascensão do conhecimento humano no “De libero arbitrio” de Agostinho de Hipona. Mestrado em Filosofia. São, Paulo, USP, 2014. [Ver Publicações]

SCHOLZ, ANDRÉ BOTELHO, Entre sentido e razão: um estudo sobre a ordenação do intelecto no “Tratado das intelecções” de Pedro Abelardo. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2016.

SILVA, ADRIANO MARTINHO C. DA, A latinização do vocabulário grego do ser no "de hebdomadibus" de Boécio. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2015.

SILVA, PEDRO RODOLFO F. DA, Intencionalidade, consciência e caridade nas obras éticas de Pedro Abelardo. Doutorando em Filosofia. São Carlos, UFSCar, 2017.

SOTE, RODRIGO FIGUEIREDO, O livro VIII das “Confissões” de Agostinho de Hipona a partir das noções de “caritas” e “cupiditas”. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2017.

SOUZA, MIZAEL ARAÚJO DE, A sensação no pensamento de Agostinho de Hipona: uma análise a partir do livro XI do “De trinitate”. Mestrado em Filosofia. São Paulo, USP, 2018.

TAURISANO, RICARDO REALI, O enigma do espelho. A retórica do silêncio nas “Confissões” de Agostinho de Hipona. Doutorado em Filosofia. São Paulo, USP, 2014. [Ver Publicações]